fbpx

Olá! Tenho 22 anos e estou em um relacionamento há mais de 6 anos, sendo 3 anos já casada.
Com 15 anos comecei a namorar e tentei perder a minha virgindade por 3x e nada dava certo, sentia dor e ardência, o que eu achava super normal já que é algo comum de se sentir na maioria das vezes se tratando da primeira vez. Porém, tentei mais algumas vezes e como sempre não dava certo, então decidi tentar novamente somente depois que casasse.
Me casei com 18 anos e tentamos de novo, o que foi frustrante demais para mim, pois sentia muita dor e muita ardência, como se houvesse uma “barreira dura” impedindo a penetração mesmo eu tentando ficar o máximo relaxada.
Foi então que procurei uma ginecologista que me aconselhou a tomar vinho e disse que eu precisava relaxar mais e também não foi nada profissional, só piorou o meu psicológico e fez eu me sentir mais culpada ainda dizendo que meu marido poderia me trair (se já não estivesse me traindo) se eu não perdesse logo a virgindade por ele ser homem e ter suas “necessidades”.
Aquilo só me entristeceu mais ainda porque eu não sabia o que fazer em relação a isso, me sentia a única mulher do mundo a ter esse problema e não via solução para isso.
Meu marido ficou extremamente revoltado com essa ginecologista e me aconselhou a procurar outra e foi o que eu fiz sem pensar duas vezes.
E foi através dessa nova ginecologista que eu descobri que poderia ter vaginismo e foi através dela também que eu conheci a clínica da doutora Débora Pádua. Assisti os vídeos no YouTube e fiquei mais aliviada em saber que esse problema tinha nome e que não era a única a passar por isso, porém, como não estava bem financeiramente, só fui fazer uma avaliação com 21 anos.
Fui diagnosticada pela doutora Rose com vaginismo leve para moderado. Fiz 13 sessões e em cada sessão e exercícios, eu ficava mais feliz e confiante. Tive minhas dificuldades com os dois dilatadores maiores e por um momento aquela confiança que tinha, ia sumindo um pouco mas depois que eu via que conseguia, a confiança voltava com força e quando fui liberada para ter relação, eu nem acreditei que tinha dado certo, até o espelhinho eu peguei para ver se realmente tinha conseguido a penetração total (kkk’) e sim, DEU TUDO CERTO! Foi um dinheiro muito bem investido e não me arrependo um segundo sequer!

Agradeço à Deus por ter me abençoado com essa clínica maravilhosa, por ter me guardado em meio a essa pandemia, pois eu pegava trem e metrô toda semana e agradeço imensamente a Doutora Rose pela paciência, cuidado e carinho que tem pelas pacientes dela. Vou sentir muitas saudades. E agradeço meu marido também por sempre estar ao meu lado, pela paciência e amor que teve e tem comigo!

Agendamento

Deixe seus dados e entraremos em contato







    Local preferido de atendimento:

    Forma preferida de contato:

    Matriz - Clínica São Paulo

    Rua Borges Lagoa 913, 10º Andar – Sala 101 Vila Clementino – São Paulo, SP

    Expediente:
    Seg a Qui: 8h às 22h
    Sex: 8h às 21h
    Sábado: 8h às 18h

    © 2024 Clínica Débora Pádua - Todos os Direitos Reservados. Site com SEO Criação