Os depoimentos foram meus maiores motivadores!

Olá pessoal,

Hoje o relato de uma paciente que nos conta a importância de ler os depoimentos nas várias etapas do processo até se livrar do vaginismo.

Fica o nosso agradecimento por compartilhar sua experiência!🙏 Com certeza servirá de incentivo para outras mulheres que estão passando pelo o que você passou! Te desejamos toda felicidade do mundo nesta nova fase com o maridão! 👩❤️👨

À Dra Dani, o meu agradecimento pelo lindo trabalho que vem realizando! ❤️

blond-1866951_1280

Esse não é mais um depoimento, esse é o MEU depoimento! Eu digo isso, não como quem despreza os outros depoimentos, mas sim, exatamente pelo contrário, porque em todas as fases da minha história com o vaginismo os depoimentos foram tão importantes que realmente hoje me sinto muito feliz do meu ser mais um deles!!!

Hoje estou aqui como contribuinte e não mais como leitora deles. Isso é maravilhoso! Sei que você, que o lê também será!!!

Eu tenho 29 anos, casada a 7 anos, moro em SC e sempre fui evangélica, mas nunca sofri um trauma específico para desencadear o vaginismo, acredito que meu problema se desencadeou por uma autocobrança muito forte que sempre tive comigo mesma e também pela falta de conhecimento sobre o assunto: SEXO.

Quando me casei logo na lua de mel tivemos grandes problemas na tentativa de penetração, isso é, muita dor, dificuldade e por fim o “fracasso” sim, essa palavra acompanha os pensamentos de toda vagínica. Passou uns 3 anos sem que eu e meu esposo soubéssemos de fato qual era o nosso “inimigo”, por isso, acredito que foi o pior período, pois era desconhecido o porquê de não conseguirmos ter uma vida sexual “normal”.

Foi meu marido pesquisando muito, que achou o nome para nosso “monstro” o vaginismo! Isso foi o primeiro passo libertador, pois pelo menos ali a gente sabia que tinha um motivo, um problema e então passamos por ginecologistas que achavam que era só relaxar, por ginecologistas que nos indicavam médicos caríssimos, por psicólogos que em nada me ajudou… e foi ele também (meu maridão) que posteriormente achou a Dra Debóra Padua no youtube e me “apresentou” ela e a partir disso, passei a pesquisar muito sobre a clínica, se era séria, se existia mesmo e foi ai também que comecei a ler muitos depoimentos do site, foram eles meus maiores motivadores para tomar coragem e entrar em contato com a clínica para marcar a avaliação!

No meu primeiro contato preciso falar do quanto fui bem atendida pela Edy desde o primeiro momento! Ela é maravilhosa e nos deixa muito à vontade. Depois tive minha avaliação com a própria Dra Débora que é exatamente como parece, muito profissional, comprometida e disposta e também com a Dra Daniele Moreira… De primeiro momento posso dizer que tudo na clínica nos remete ao aconchego e por mais difícil que seja é bom estar ali.

Meu tratamento com a Dra Dani, que é uma profissional espetacular, com coração totalmente entregue ao seu trabalho foi evoluindo aos poucos, ela é incrível e foi me ajudando em todo processo, com conselhos, otimismo, conversas e tudo mais. O tratamento em si é totalmente efetivo sim e ainda mais se houver um comprometimento da paciente também, digo isso, porque me espantei  com meus resultados, até chorei em algum momento, mas foi de emoção, de alegria, mas posso dizer que eu fazia tudo que a Dra pedia e as vezes queria fazer até a mais ksksksk (daí levava bronca). Durante o tratamento era difícil, eu estava longe de casa, sem meu marido e passando por um grande processo de mudança, mas permaneci firme ali e os depoimentos também me ajudaram muito nessa fase, nos dias de desânimo, de querer parar ou desistir eu os lia.

Passado meu tratamento voltei para casa e fui então colocar em prática (depois de liberada) tudo que fiz e aprendi durante o tratamento e para nossa surpresa, minha e dele, sim! Conseguimooooos!!!!! A penetração total aconteceu de primeira, mas quero dizer que não foi de imediato, que nós tivemos muita paciência, conversa, tentativas, respiração e muito companheirismo, a medida que a gente foi praticando foi melhorando, melhorando e melhorando, até que hoje, posso dizer: não tenho mais vaginismo.

Estamos muito felizes, curtindo muito essa lua de mel depois de 7 anos de casados. Agradeço demais a clínica, a Dra Debora, Dra Dani, a recepção e principalmente ao meu marido que sinceramente sempre se comportou como se ele mesmo tivesse vaginismo, por isso, te amo sempre mais. E a você que lê esse depoimento eu digo com certeza: SIM, a cura existe. Eu fui curada.

O que é Vaginismo – Sintomas, Causas, Diagnóstico e Tratamento

Saiba +

Vídeos - Conheça mais sobre Vaginismo e Dor na Relação

Saiba +