Acreditem! Eu não tenho mais Vaginismo

Oi pessoal,

Hoje o depoimento de uma paciente que só tem motivos para comemorar!!! Depois de 8 anos sofrendo com o Vaginismo, ela recebe alta!!! 😁 Ela compartilha conosco que ler os depoimentos durante o tratamento foi um grande motivador para seguir acreditando que era possível!!! Agora ela conta sua história para incentivar também outras mulheres a buscarem ajuda!  😊✍

Obrigada pelas palavras! ❤ Isso é o que nos faz ter certeza que estamos no caminho certo!

Obrigada Dra Daniele! Grande profissional! 😘

happiness-824419_1280

E o dia tão esperado chegou: o dia de escrever meu depoimento! 😊 É com uma imensa felicidade que posso dizer que após 8 anos de sofrimento, acabou! Eu estou curada do vaginismo!!! Vou começar contando um pouco sobre minha história.

Tenho 27 anos, sou casada a dois anos e estou com meu esposo faz 8 anos. Eu sempre tive vontade de casar virgem, porque vi o exemplo da minha mãe e queria segui-lo. Quando eu tinha alguns anos de namoro, decidi que queria perder minha virgindade com ele. Lembro como se fosse hoje… Eu toda ansiosa, creio que que ele também e então chegou o momento mais esperado. Quando começamos a tentar, eu simplesmente não conseguia. Me senti a pessoa mais frustrada do mundo!

Até então, eu não sabia que existia o Vaginismo, nunca havia escutado nada a respeito. Naqueles dias fiquei pensando no que aconteceu e cheguei a cogitar que eu não havia conseguido porque o meu sonho de casar virgem estava me impedindo. Cheguei a pensar também que eu tinha algum problema no meu canal vaginal. Sofri calada por muito tempo porque eu tinha vergonha de contar o meu problema para as pessoas. Via minhas amigas tendo uma vida sexual normal e eu lá, parada e sem saber o que fazer. Me sentia menos mulher do que as outras mulheres, me sentia mal, me sentia horrível. Só quem passa por isso sabe o que sentimos.

Um dia, conversei com uma amiga e ela me aconselhou a ir em um ginecologista. Eu fui. Chegando lá, contei meu problema para o médico e ele teve a coragem de falar: “Ah, você não consegue ter relações com seu namorado porque você não o ama de verdade. Se você o amasse, você não teria esse problema.” Eu sai do consultório arrasada. Chorei muito e decidi nunca mais falar sobre isso com ninguém.

Passaram-se anos e anos e nada. Nada de descobrir o que eu realmente tinha. Todas as tentativas que tínhamos eu saia mais frustrada. Então decidi que só tentaria novamente depois do casamento.

Então, o grande dia do meu casamento chegou. Em novembro de 2016 nos casamos. Eu estava com muita expectativa naquela noite e pensei: “Agora vai dar certo! Meu sonho se realizou, casei virgem e agora vou conseguir ter relações com meu marido.” E como vocês já sabem o pior aconteceu. Quando começamos a tentar, senti uma dor terrível e parecia que havia uma parede impedindo a penetração. Perguntei para mim mesma o que havia de errado comigo e o pois eu precisava passar por aquilo. Meu marido sempre foi muito atencioso e sempre me respeitou. Nunca me culpou por nada, nunca me forçava e sempre me deu o apoio que eu precisava. Deus foi muito bom comigo por ter me dado ele de presente.

Depois desse dia, tentamos mais algumas vezes e nada. Toda vez que tentávamos algo, eu já começava a me tremer e a me contrair porque eu sabia que iria sentir dor.

Até que um dia decidi pesquisar a respeito e vi algumas mulheres falando sobre o Vaginismo. Pelo que elas sentiam, pude ver que provavelmente eu tinha aquele problema.

Decidi tomar coragem e ir em uma ginecologista e ver se ela conseguiria me ajudar. E novamente me decepcionei. Quando cheguei lá, ela fez o exame de toque de forma muito grosseira e sem respeitar os meus limites. Disse que provavelmente eu tinha sim Vaginismo e que o Vaginismo era coisa da minha cabeça. Que eu tinha que relaxar e tomar um vinho antes de ter relações para ficar mais relaxada. Me passou um exercício para fazer e mandou eu voltar lá depois de um mês.

Sai de lá achando que ela tinha razão, que o problema era na minha cabeça, que era frescura minha. Sério, eu pensei isso!

Tentei fazer conforme ela falou (tirando a parte do vinho, porque eu não bebo). Ás vezes pensava até em tomar um calmante para relaxar. Mas graças a Deus não fui por esse caminho. Imagina se todas as vezes que eu tentasse ter relações com meu esposo, eu precisasse de calmantes? Nunca iria dar certo.

Até que um dia, eu estava pesquisando na internet a respeito e vi um vídeo da Dra. Débora falando sobre o Vaginismo. Então entrei no site da clínica e vi a quantidade de depoimentos de mulheres que haviam sido curadas com o tratamento feito na Clínica. Pensei: “Deve ser caríssimo o tratamento. Isso não é para mim, eu nunca vou conseguir fazer!” E algo dentro de mim falava para eu entrar em contato e marcar uma avaliação.

Tomei coragem e marquei! Fui muito bem atendida pela Dra. Débora. Ela conversou muito comigo e foi muito delicada, me explicou passo a passo do tratamento e foi super atenciosa. Sai de lá nas nuvens. Finalmente tinha encontrado alguém que sabia que o Vaginismo não era uma coisa banal e sem importância! Vi ali uma pontinha de esperança em resolver o meu problema.

Comecei o meu tratamento com a Dra. Dani, que foi um anjo em minha vida. A equipe inteira é formada por pessoas simplesmente maravilhosas, mas preciso dar o crédito para a Dra. Dani que me aguentou todos esses meses rs com as minhas dúvidas e inseguranças. Eu nunca conheci uma profissional tão dedicada e amorosa pelo que faz. Eu nunca entrei no consultório e vi ela triste e fazendo de qualquer jeito o seu trabalho. Eu sempre entrava lá e me sentia a única e exclusiva paciente. Ela sempre foi muito atenciosa, respeitou todos os meus limites, conversava comigo, me mostrava passo a passo do tratamento, me explicava com toda a calma, e o melhor, eu via a felicidade estampada no rosto dela a cada evolução minha.

Continuando o relato… Comecei o meu tratamento e a cada sessão eu tinha uma grande evolução. No começo das sessões eu achava que não iria dar certo, que a cura era só para algumas mulheres, que eu não iria conseguir. Mas em uns dias desses de dúvidas, decidi ler os depoimentos aqui no site de outras mulheres que haviam sido curadas. Quando comecei a ler, percebi que a única pessoa que poderia travar a minha cura era eu mesma e se eu continuasse a pensar assim eu iria acabar desistindo do tratamento e ia voltar à estaca zero. Comecei a ler os depoimentos e cada um me motivava a continuar. E eu continuei e foi a melhor coisa que eu fiz.

Fui evoluindo a cada sessão e fui liberada para ter relações com meu esposo. Nesse dia eu lembro que eu não podia me conter de felicidade e meu marido também. Quando tentamos pela primeira vez e eu consegui, eu quase morri de alegria. Nós choramos muito juntos naquela noite, eu não sabia se ria ou chorava de emoção. Finalmente eu estava livre daquilo que me prendeu por tantos anos.

Quando eu estava próxima de receber alta, tive uma infecção de urina resistente e fiquei internada por 15 dias, tendo que interromper o tratamento. Fiquei também sem ter relações e alguns dias após receber alta do hospital, fui tentar ter relações com meu esposo novamente. Consegui, mas senti dor. Já mandei mensagem desesperada para a Dra. Dani falando que tinha regredido rs mas ela, como sempre, me trouxe para a realidade e disse que eu não havia regredido. Fiz mais uma sessão com ela depois da internação e realmente eu não havia regredido, era só um bloqueio na minha cabeça. Voltei a ficar internada mais 15 dias em setembro por conta de uma complicação da outra internação. E tome quase um mês sem poder dar continuidade ao meu tratamento. ☹

Sai novamente do hospital e marquei minhas últimas sessões. Tive relações normalmente com meu marido e o melhor sem dor! E depois de tudo isso, depois de tanto sufoco, depois de 8 anos de sofrimento, eu estou CURADA para a honra e glória de Deus! Eu não tenho mais Vaginismo. Esse dia vai ficar marcado em minha vida para sempre!

Posso dizer que a minha autoestima melhorou, me sinto muito mais confiante, mais mulher e minha intimidade com meu marido melhorou muito!

Queria dizer para você que está lendo esse depoimento, que vale a pena fazer o tratamento. No começo parece que a evolução é lenta, mas aos poucos você perceberá a diferença em seu corpo e quando você menos esperar, aquilo que te fazia sofrer não fará mais. Você estará curada.

Queria encerrar agradecendo imensamente a todas as meninas da clínica, desde as recepcionistas até as doutoras. Meninas vocês são maravilhosas! Parabéns pelo trabalho lindo de vocês que está ajudando tantas mulheres. Queria agradecer imensamente a Dra. Dani que me ajudou em todo esse processo e que ganhou uma admiradora do seu profissionalismo e competência. Queria também agradecer ao meu marido pelos anos de espera e por nunca ter desistido de mim. E claro, agradecer a Deus pela vitória alcançada e o seu amor por mim.

E essa foi a minha história! 😊

Meninas que estão pensando ou já fazem o tratamento: não desistam! Vão pra cima! Vocês serão curadas e daqui a pouco serão vocês aqui contando o depoimento.

Um grande beijo. Fiquem com Deus! ♥

O que é Vaginismo – Sintomas, Causas, Diagnóstico e Tratamento

Saiba +

Vídeos - Conheça mais sobre Vaginismo e Dor na Relação

Saiba +