Solteira, feliz e livre do Vaginismo!

Olá pessoal,

Hoje temos a história de uma paciente solteira e poderosa que mesmo sem um parceiro, procurou ajuda, realizou o tratamento e agora está pronta para um novo amor! 💑❤️

Fico muito feliz pois estamos recebendo cada mais vez mais mulheres solteiras em busca de tratamento!

Beijo grande! 😘

denim-1839955_1920

 

Olá! Meu nome é Ana Paula, tenho 30 anos e vou contar um pouco da minha história a vocês.

Tive inícios de relacionamentos frustrados. Digo início por eles não progredirem. Na “hora h” dava tudo errado.

Eu me sentia muito triste e sozinha. Sabia que eu tinha algum problema, mas não conseguia descobrir qual era e como resolver. Ginecologistas me diziam que eu “devia relaxar”. Mas não era só isso. Eu sabia que não. Até que um dia, fuçando na internet, consegui identificar meus sintomas e encontrei um nome para meu possível problema: vaginismo.

Encontrei a Clínica Débora Pádua e decidi marcar uma consulta. Não botei fé que alguém pudesse resolver meu problema, pois eu achava que para mim não havia saída. Achava que eu era a única mulher no mundo a sofrer com algo assim. Desde o primeiro contato com a clínica fui tratada com muito respeito.

Fui diagnosticada com vaginismo, caso leve a moderado. Embora nunca tenha sido vítima de nenhum abuso físico, tive uma educação um pouco rígida e, acredito que por isso tenha desenvolvido o problema.

Decidi iniciar o tratamento solicitado (15 sessões de fisioterapia), mesmo ainda descrente de que alguém pudesse me ajudar.

Fiz meu tratamento com a Dra Rose, uma pessoa muito acolhedora, paciente e excelente profissional. Foram muitos sábados de tratamento e conversas que me ajudaram bastante. Eu já não sentia mais que era a única pessoa no mundo com o problema, pois a clínica estava sempre cheia. Isso me motivava a continuar.

Consegui finalizar o tratamento e receber alta. Custei a acreditar que meu corpo poderia mudar tanto e que existia um canal nele (rsrs). Quem sofre com o problema sabe que, parece que há uma parede que nos impede de ter relações.

Eu continuo solteira, mas hoje muito mais confiante de que meu próximo relacionamento será de verdade e que serei muito feliz. Afinal, já me sinto curada.

Agradeço muito a Dra Rose por toda a sua paciência e competência. E agradeço a clínica por ajudar tantas mulheres a terem uma vida normal e feliz.

Obrigada! :)

E às mulheres que ainda não conseguiram buscar ajuda, busquem! Sempre há tempo!

 

O que é Vaginismo – Sintomas, Causas, Diagnóstico e Tratamento

Saiba +

Vídeos - Conheça mais sobre Vaginismo e Dor na Relação

Saiba +