Recomeçando a Vida Sexual agora sem Dor!


Boa tarde pessoal! Hoje temos um depoimento de uma paciente que no começo da sua vida sexual chegou a achar que teria que sentir dor para o resto da vida, que isso era normal. Ao conversar com as amigas, o choque, elas não sentiam dor! Como assim!!?? 

Pode parecer que não, mas isso é muito mais normal do que a gente pensa. Inúmeras pacientes chegam na Clínica achando que sentir dor durante a relação é normal. Como sempre afirmo, Dor na Relação nunca é normal, procurem ajuda! 

Ela procurou a Clínica e agora 3 meses depois recebeu alta para começar sua vida sexual como deveria ser, sem dor!!!! ❤️❤️❤️

Seja muito feliz querida!!! Muito obrigada pelo seu depoimento!  

E à Dra Daniele os meus parabéns, mais uma que passa pela Clínica e sai daqui transformada!!! 

“Olá, tenho 19 anos e perdi a virgindade com meu namorado aos 17.

Desde sempre, apesar de conseguir a penetração, eu sentia muitas dores na relação. Dores que não cessavam e raramente diminuíam.

Por namorar a distância e ver meu namorado pouquíssimas vezes, por muito tempo achei que o problema fosse a frequência das relações. Porém, mesmo após ele se mudar para minha cidade nos vermos com certa regularidade, as dores continuaram.

Tanto eu quanto meu namorado não sabíamos o que fazer e toda relação era uma frustração. Acabei desabafando com as minhas amigas, mas nenhuma delas tinha passado por isso. Fui à ginecologista e ela me disse que não sabia resolver meu problema. Depois disso, acreditei que não havia solução e eu teria que conviver com a dor para o resto da vida. Também nunca seria capaz de fazer qualquer exame ginecológico ou mesmo utilizar um OB sem sentir um enorme desconforto.

Até que um dia, depois de muito pesquisar na internet, acabei encontrando o site da Dra. Débora e vi uma luz no fim do túnel. Seria mesmo possível não sentir dor na relação? Eu finalmente entenderia o que é sexo? Parecia quase que um sonho para mim.

Hoje, 3 meses após iniciar o tratamento, consigo realizar todos os exames ginecológicos, usar OB e, principalmente, ter relações SEM DOR!! Mal consigo descrever a minha gratidão!!

Deixo aqui o meu muitíssimo obrigada à Dra. Daniele que, além de fisioterapeuta, foi uma grande amiga nesses últimos meses, e à toda a equipe da clínica pela atenção, cuidado e enorme disposição para ajudar tantas outras mulheres que sofrem com esse tipo de disfunção!

Muito sucesso e que Deus traga muitas bênçãos para todas!!”