Para ela 2017 será um ano sem dor na relação!


Olá pessoal! Estamos no último mês do ano e muitas pacientes estão recebendo alta !

Hoje é com muita alegria que venho postar o depoimento de mais uma paciente que se livrou do vaginismo. Ela apesar de ter passado por momentos muito difíceis com seu marido deixando-a e com sua intimidade sendo exposta, decidiu ir atrás de tratamento e hoje está recebendo alta para começar 2017 como uma nova mulher.

Para ela as palavras Dor e Sexo não cabem mais na mesma frase!

Ela fez questão de nos enviar seu depoimento também em áudio para que vocês ouçam seu depoimento.

A minha paciente, desejo tudo de melhor! Seja feliz querida!!!! Que 2017 para vc seja especial!!!!! Um beijo!

E para vcs que estão lendo esse depoimento, sofrendo em silêncio, procurem ajuda o quanto antes! Não deixem que a dor na relação afetem o casamento de vocês e suas vidas! Tragam seu marido para a consulta! Estamos aqui para ajuda-las!

Boa semana a todos!!!

Áudio:

 

“Olá!!!

Nem acredito que chegou a minha vez de escrever meu próprio depoimento. Um sonho que se tornou realidade.

Tenho 33 anos de idade e sou divorciada. Com 22 anos me casei virgem. Na noite de núpcias tentamos ter relação, mas para nossa frustração não conseguimos a penetração. Na noite seguinte tentamos novamente, mas também não conseguimos e assim seguiram-se várias tentativas.

Eu ficava muito triste e decepcionada com a situação e sem saber o que fazer.

Alguns meses depois conversei com uma psicóloga e também passei em consulta com duas ginecologistas que sempre diziam que era só relaxar e tudo se resolveria. Eu chorava todos os dias, me sentia culpada e inferior em comparação com outras mulheres, pensava porque elas conseguem, mas eu não???

Meu marido nunca fez nada para me ajudar a encontrar uma solução. No começo demonstrava paciência, mas com o tempo passou a fazer comentários e atitudes que me magoavam e me deixavam deprimida. Os anos foram passando e meu casamento já estava abalado.

Meu marido não me dava atenção, nem carinho . Eu me sentia muito sozinha e abandonada por ele. Eu não tinha coragem de contar pra ninguém, sofria calada. Por trabalharmos em horários diferentes passávamos pouco tempo juntos.

Sempre pesquisei na internet sobre o vaginismo, mas não sabia onde encontrar ajuda.

Em 2013 após 7 anos e meio de casada descobri que o meu marido estava me traindo já por vários anos com uma “amiga” nossa e que a filha dela de 3 anos era dele.

Meu mundo desabou…

Ele me culpou dizendo que me traiu por que eu tinha vaginismo, fiquei arrasada. Varias pessoas ficaram sabendo deste assunto, algo que eu escondia agora muitos sabiam. Senti-me humilhada, sentia vergonha. Logo passei a pensar que nunca mais me relacionaria novamente.

Este ano de 2016 conheci a Clinica Débora Pádua.

Foi maravilhoso e uma grande alegria não tenho palavras para descrever a satisfação de conhecer uma pessoa tão capacitada e tão entendida do assunto. Eu estava nas mãos certas após tanto sofrimento emocional. Recentemente fiz exames ginecológicos (papanicolau e transvaginal) que antes eram impossíveis realizar.

Hoje me sinto realizada, não sou mais vaginica e estou curada. Penso até em me relacionar novamente, só que desta vez sem o pesadelo do vaginismo.

Quero aproveitar para parabenizar toda a equipe da Clinica pelo excelente trabalho que estão realizando e pelo que fizeram por mim.

Dr. Débora Pádua é uma pessoa maravilhosa; serei eternamente grata pelo tratamento, sempre fui muito bem recebida na clinica por todos.

Hoje posso dizer “Estou Curada!!!!”

É uma pena não poder gritar aos quatro ventos…

Você que esta lendo este depoimento saiba que eu já estive no teu lugar, acredite vaginismo tem cura sim e sexo sem dor e com penetração é possível!!!!”