Correu atrás e conseguiu se livrar do Vaginismo! 2


Esta é a história de uma paciente muito fofa, quietinha e que tinha uma vontade imensa de se livrar do Vaginismo e correu atrás até conseguir!
cura
Tenho 35 anos, sou evangélica, casada há 8 anos.
Antes de descobrir o vaginismo sofri muito com a frustração de não me sentir mulher por completo e achar que eu era a única no mundo que não conseguia transar com o próprio marido e não conseguia sequer fazer um exame ginecológico (na verdade me sentia um ET), passei por diversos médicos que achavam que era frescura, pois diziam que eu não tinha nada. Até que há 2 anos atrás em mais uma tentativa de realizar os exames de rotina, (pois tenho o sonho de ser mãe), me consultei com uma ginecologista que me diagnosticou com vaginismo, nunca sequer havia ouvido essa palavra, mas essa foi a luz no fim do túnel que eu tanto procurava, pelo menos agora sabia o que eu tinha.
Meu marido sempre me apoiou e foi ele quem pesquisou na internet sobre esse problema e encontrou um local em São Paulo onde tratam de vaginismo.
Participei de uma palestra e logo fui chamada para um tratamento em grupo com uma psicóloga. Quando iniciaram as sessões achei que havia encontrado a cura e percebi que não era a única que tinha esse problema, mas havia outras mulheres passando pelas mesmas frustrações que eu. Porém, o tratamento com a psicóloga não deu o resultado esperado e o vaginismo continuava atrapalhando a minha vida.
Até que, quando já estava quase desistindo, uma amiga que também passou pelo tratamento com a psicóloga entrou em contato comigo e disse que havia encontrado um anjo chamado Dra. Débora Pádua  e que estava em tratamento com ela e já estava tendo resultados.
Foi aí que agendei uma avaliação com a Dra. Débora, ela me examinou e disse que eu precisaria de 15 sessões, pois além do vaginismo eu também tinha muito medo da penetração, não colocava sequer um dedo, ou mesmo um simples absorvente interno, pois parecia que havia uma parede fechando meu canal vaginal.
Durante o tratamento fiz todos os exercícios que ela pedia para fazer em casa e a cada sessão percebia que estava evoluindo, até que ela me liberou para consulta com a gineco, fiquei um pouco apreensiva na sala de espera, pois a gineco era uma pessoa que eu não conhecia, mas deu tudo certo, consegui fazer os exames que ela solicitou e daí em diante já comecei a me sentir mulher.
Retornei na Dra. Débora para mais uma sessão e ela me liberou para relação. Na primeira vez foi meio mecânico, mas a cada nova tentativa a relação fica melhor.
Na 15º sessão tive a tão sonhada alta e hoje me considero totalmente curada de um problema que eu achava que não tinha solução.
Agradeço primeiramente a Deus por me ajudar e não deixar que eu desistisse, a Lidiane uma grande amiga que se não fosse ela não teria encontrado o tratamento e em especial a Dra. Débora Padua que é essa pessoa iluminada, que através dela tantas mulheres tem encontrado a cura.
E como o disse o meu marido. “Oh dinheiro bem gasto, isso é melhor que viagem”… rs
Deus abençõe.
Beijo.

2 thoughts on “Correu atrás e conseguiu se livrar do Vaginismo!

  • Rebeca

    Olá, tenho 27 anos e acredito sofrer da disfunção sexual vaginismo, preciso muito de ajuda, moro no interior do estado de SP e por aqui não encontrei gente especializada nesta disfunção, estou desesperada, o que devo fazer?

    • Débora Pádua Autor do post

      Olá Rebeca!
      Preciso que vc ligue no (11)3253-6319 e fale com nossa secretária Victória para agendar uma avaliação.
      Aguardo vc aqui!
      Obrigada pelo contato

Os comentários estão fechados.