Psicólogas também podem ter Vaginismo!


Conheci essa pessoa querida, cheia de vida e muito empolgada para melhorar e isso fez toda a diferença!!!

images (10)

Tenho 24 anos de idade, sou formada em Psicologia, casei em Janeiro de 2012, e desde então sofria de Vaginismo.
Casei virgem devido a minha crença, fui criada com regras bem rígidas. E estava super ansiosa para minha Lua de Mel, como qualquer mulher virgem, pensei que seria tudo perfeito, estava esperando por aquele momento há 4 anos, meu marido não era mais virgem, mas antes de me conhecer se tornou evangélico e assim como eu estava decido esperar. Mas não imaginava que seria vitima do Vaginismo. Na primeira noite juntos estava indo tudo muito bem, mas á partir do momento que partimos para a penetração, senti muita dor e não consegui perder a virgindade total. E só depois de um mês tentando que consegui. Mas á principio pensei que era normal, pois casei sem nenhuma experiência e tinha poucas informações sobre o assunto.
Mas ao decorrer dos meses a dor continuava, e cada vez que ia tentar ter relação sexual a penetração se tornava cada vez mais insuportável tornando-se impossível.
Ao me consultar com um Ginecologista, falei o que estava acontecendo e perguntei se eu não tinha algum problema anatômico, ele me examinou e falou que estava tudo normal, também perguntei se podia ser Vaginismo, ele me disse que não e que eu só precisava relaxar o “bumbum”. Até fiquei mais confiante depois da consulta, pensei que o meu problema se resolveria, tentei relaxar no momento da penetração, mas infelizmente foi mais uma tentativa frustrada.
Com o passar do tempo, eu e meu marido fomos diminuindo as tentativas, por mais que ele me entendia muito bem, eu não me sentia mulher. Como sou formada em Psicologia, sentia a necessidade de fazer terapia, mas no fundo sabia que só a terapia não poderia me ajudar, não sabia para quem recorrer, pois até o momento não sabia da existência de Profissionais em Fisioterapia que tratavam especificamente esse tipo de problema.
Até cheguei a pensar em se divorciar do meu marido, não aguentava mais não exercer meu papel de esposa, já não via mais solução para o meu problema.
Mas num certo dia estava chorando muito e falando com Deus depois de mais uma tentativa frustrada, quando peguei meu celular e digitei “dor na hora da relação”, e apareceu o nome Débora Pádua, foi realmente algo de Deus, pois ali estava o nome da Profissional maravilhosa, amiga, carismática, talentosa, iluminada por Deus, que com tanta paciência me ajudaria a escrever uma nova história em minha vida conjugal…. Abri a página e lá estava vários comentários de pacientes que haviam sido curadas do Vaginismo após o tratamento com a Débora.
Conforme ia lendo os comentários comecei a ter esperança, pois estava me identificando muito com a historia daquelas mulheres, mostrei para meu esposo, e anotei o contato e agendei minha primeira consulta. Á principio “no fundo estava desacreditada que daria certo”, pois não conseguia me imaginar sem dor na relação.
Já na primeira consulta a Débora Pádua assim que me diagnosticou com Vaginismo, me passou tanta segurança que me fez crer que o tratamento daria certo.
A cada dia que eu ia para a consulta com ela, saia de lá uma nova mulher, pois a cada sessão eu ia melhorando.
Os exercícios que ela me passava para realizar em casa fazia todos muito assiduamente, e cada sessão sentia mudanças significativas. E quando ela liberou para tentar minha primeira relação após o inicio do tratamento e consegui!! eu quase não acreditava que finalmente depois de 3 e meio de casamento havia conseguido a ter relação sexual com meu esposo e o mais importante sem aquela dor insuportável!!!! Estava radiante de alegria!!!
Ela me fez sentir bem á vontade, e me ajudou a ter forças para acreditar que eu iria conseguir, ajudando assim a diminuir meus medos e ansiedades.
E na 12º Sessão, tive minha tão sonhada alta.
Obrigada Débora Pádua, por tudo, faltam até palavras para descrever a admiração que tenho por você, sua empatia, seu sorriso, sua humildade mesmo tendo tanto conhecimento, seus ensinamentos, seu jeito paciente e carismático de ser, você foi um presente de Deus em minha vida e é um presente de Deus para a humanidade, pois através do seu trabalho muitos casamentos foram e são renovados a cada dia.